Gestão da Qualidade – Apenas por Obrigação?

“A Gestão da Qualidade e o consequente registo das Não Conformidades são uma preocupação exclusiva das empresas certificadas.” – Se, teoricamente, esta afirmação é verdadeira, na prática, não é necessariamente assim.

Mesmo quando não temos a obrigatoriedade desse registo, ao fazê-lo, beneficiamos de uma maior riqueza de informação, permitindo-nos demonstrar uma maior preocupação na satisfação do cliente e evitar que repitamos os mesmos erros, apenas por falta de informação.

Se, por exemplo, registarmos todas as sugestões ou reclamações de um cliente, melhor preparados estaremos numa futura reunião com esta entidade, demonstrando que estamos atentos às suas preocupações e que estamos empenhados em melhor o servir em futuras encomendas.

Se ao realizarmos esses registos, indicarmos qual o setor, equipamento ou funcionário interveniente, podemos confrontá-los com a responsabilidade de evitar que os erros se repitam.

Também ao termos a informação dos problemas que já tivemos com determinados tipos de trabalho, podemos precaver-nos com mais segurança quando voltarmos a repeti-lo.

Estes são apenas alguns exemplos que demonstram como é importante a Gestão da Qualidade, porque mesmo quando não somos certificados, não deixamos de querer que a nossa empresa a tenha.

Concorda com a nossa visão?