Homepage » A era da mudança … a curto prazo

A era da mudança … a curto prazo

A Era XXI veio revolucionar o pensamento da grande maioria das empresas. A forma de alcançar os objetivos pretendidos e o sucesso já não é a mesma. Hoje, prioriza-se, mais do que nunca, os valores, a responsabilidade e a ética de uma organização.

O mundo empresarial de hoje obriga as organizações a adaptar-se a um ambiente mutante, a um ritmo acelerado e num cenário muitas vezes incerto, às constantes adaptações e ao aumento da competitividade organizacional. Esta adaptação, juntamente com a habilidade, a criatividade e as novas iniciativas, sustentam um processo de mudança cada vez mais ágil e, muitas vezes, inesperado. A mudança, aliada à conquista das metas definidas e aos seus resultados, leva à evolução, unindo pessoas e tecnologia. Já a evolução carece de decisões rápidas e hábeis, mas sustentadas.

Todos estes factores são sustentados pela forma de pensar de cada organização. Sabemos que, hoje, temos um compromisso com a mudança. Já é algo intrínseco a muitas empresas, que não se pode descuidar.

Mas, existem diversas formas de conseguirmos fortalecer a nossa posição e de dar resposta a este mercado tão competitivo e ágil:

  • Manter os valores e ética da empresa em 1º lugar;
  • Priorizar o ambiente organizacional e os trabalhadores é algo que cada vez mais faz sentido, pois sustenta, no seu todo, os bons resultados;
  • Estar sempre a par das novas tecnologias e de novas ferramentas, de forma a minimizar o tempo e aumentar a produtividade;
  • Promover a criatividade e o auto-desenvolvimento, pois é um fator cada vez mais diferencial, capaz de reverter situações e elevar o desempenho.
  • A procura constante de soluções e respostas eficazes.

O recurso mais importante passou de ser o capital financeiro, para passar a ser o conhecimento e o envolvimento. As organizações precisam de ser ágeis e inovadoras, de forma a suportarem todas as transformações, muitas vezes imprevisíveis, que o mercado sofre, diariamente. A pressão é muita e situações de crise organizacional são cada vez mais notórias. Mas, hoje, sentimos, uma maior valorização do nosso trabalho.

Sempre que ocorrem mudanças surgem oportunidades.” – Autor desconhecido.