3 dicas para aumentar a competitividade da sua empresa

3 dicas para aumentar a competitividade da sua empresa

A atividade empresarial exige uma análise cuidada e contínua de vários pontos, de modo a que a mesma consiga fazer face aos desafios que, diariamente, coloquem a competitividade da empresa à prova.

São muitas as empresas que abrem e fecham portas, pelo que é imprescindível assegurar uma competitividade saudável de uma organização, o que resultará numa permanência positiva no mercado. Salientamos três pontos que consideramos essenciais neste percurso, por forma a assegurar novos desafios e simultaneamente garantir a competitividade.

1 Controlo dos custos (indiretos)
Nos dias que correm, já não é, nem pode ser viável produzir sem olhar a custos provenientes da atividade. São as despesas reais que temos com o nosso negócio que influenciam diretamente a gestão da empresa. Torna-se indispensável assegurar um acompanhamento e controlo diário dos custos diretos e indiretos, pois são esses que ditam as decisões da empresa. Muitas vezes, os indiretos, que não são facilmente “visíveis”, representam uma importante fatia dos custos, não devendo ser descorados.

2 Aposta nos recursos humanos
O sucesso de uma empresa está intrinsecamente associado à equipa da mesma. A fonte de energia e formação de uma organização são todas as pessoas que a constituem e que, diariamente, contribuem para a competitividade da empresa. São elas que os clientes reconhecem e com quem criam uma ligação de confiança, traduzindo-se numa relação de fidelidade, aspeto fundamental para qualquer organização.

3 Centralização da informação
É essencial o acesso rápido a informação atualizada e concentrada em apenas uma ferramenta de gestão. Muitos dos problemas advêm por falta de conhecimento acerca de um determinado processo, cliente ou fornecedor, resultante de uma má gestão interna. Assim, torna-se fundamental descobrir a raiz do problema e identificar o que se encontra obsoleto. Só desta forma, é possível criar soluções e aumentar a capacidade de resposta da empresa e, por conseguinte, a respetiva competitividade.

Que outros aspetos devem ser considerados para aumentar a competitividade da empresa?